terça-feira, 25 de maio de 2010

Raridades...

Ao entrar na sala de aula vejo muitas pérolas, umas dentro da concha escondidas com medo de sair, outras rolando pra lá e pra cá sem rumo, outras influenciáveis pela sociedade corrupta e desigual, outras prontas para sairem da concha e enfeitarem o mundo.
Vejo alunos... Seres Humanos, capazes de transformar a sua realidade, com grande potencial para sonharem para além daquilo que imaginam... Alunos que me motivam, alunos que me desmotivam, alguns me incentivam, outros fazem pouco caso. Desses só lamento. Entristeço-me por alguns instantes de pensar que tempos de tanto esforço não valeram para nada, mas depois penso que ainda são imaturos, que sorriem e debocham de coisas que nem sabem da tamanha importancia. Se de todas as aulas que dei, de todas as salas que entrei, de todas as escolas que passei, de todas as vezes que falei e expliquei, apenas um aluno compreendeu me sinto satisfeita.
As vezes, saio com uma sensação de missão cumprida, sorrindo e feliz por ser educadora e poder fazer parte de melhoras. As vezes, saio pensando: será que eles entenderam ou fiz mais bagunça na cabeça deles?... As vezes, saio frustrada, achando que sou a pior professora, porque não consegui cativar os alunos, porque não dei uma boa aula, não transmiti como eu gostaria.
Assim como meus educadores que passaram por mim e aqueles que ainda estão comigo me fizeram ser o que sou, me impulsionaram e impulsionam para o melhor desejo o mesmo para meus alunos. A esses educadores que eu tanto amo, que mantem vivo pensamentos de transformação e melhoras para essa sociedade dentro de mim e a qual tento me parecer com eles, faço alusão ao amigo, mestre, professor e companheiro André Bazzanella, que não está mais perto de mim fisicamente, mas que procuro manter vivo suas ideias. Aos professores e amigos do peito Hellem e Fabiano que também sonham com melhoras e que devo muito, mas muito mesmo de minha formação profissonal. Obrigada é uma simples palavra que posso dizer a vocês.
Da mesma forma quero que meus alunos me vejam...
Educar ultrapassa as paredes da escola!

2 comentários:

Instituto Veritas disse...

Olá Luciellem...

Como sempre, bons posts...

Viu... eu e um amigo abrimos um blog... http://weber-ge.blogspot.com/ é um gruppo de estudos em Max Weber (o maior sociólogo que o ocidente produziu... se tiver um tempinho, dê uma olhada...

tchua...
Paulo Flavio de Andrade

Hellen disse...

Lu, menina que aprendemos a amar, conhecer suas qualidades, uma pessoa que se resume a DEDICAÇÃO, perseverança. O mundo é o limite para vc, tenha certeza disso, ainda vamos nos ver novamente e neste dia vc terá alcançado seus objetivos. Vemos em vc o que um dia fomos, e continuamos a ser: pessoas com grande fome por conhecimento, pessoas que lutam por uma outra sociedade, pessoas que fazem de sua nobre profissão uma oportunidade de para mudar, formar opiniões, ajudar na contra-hegemonia. Um grande abraço, um beijo e toda nossa admiração
PROFESSOR e Hellen ahahahaha

Postar um comentário